05 Dezembro - 2018

CONSELHO ESTADUAL DA JOVEM ADVOCACIA LANÇA CAMPANHA “ADVOGADO, QUANTO VALE O SEU TRABALHO?”

A campanha “Advogado, quanto vale seu trabalho?” foi lançada pelo Conselho Estadual da Jovem Advocacia (CEJA), da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Maranhão (OAB/MA), durante a última reunião do ano de 2018, realizada pelos membros do órgão deliberativo. Durante o encontro foram debatidas algumas reivindicações da categoria. O esboço da campanha apresentada busca a conscientização da relevância do papel do advogado para a sociedade.

Para o presidente do Conselho Estadual da Jovem Advocacia da OAB/MA, o advogado Dihones Muniz, projetos como o da campanha demonstram o interesse dos jovens conselheiros que, ao perceberem que o início de carreira não é fácil, trabalham em busca de soluções para melhorar o exercício da profissão. “A advocacia deve ser valorizada e reconhecida. Somente pelo intermédio de um advogado é possível se fazer justiça. Não se tem justiça sem o advogado”, enfatizou.

Dentre outros temas discutidos durante o encontro, foram submetidos à votação do grupo, a publicidade na advocacia e a elaboração de diretrizes para o fortalecimento da profissão e o não aviltamento dos honorários advocatícios.

No intuito de acabar com o problema da inadimplência no pagamento da anuidade pelos jovens advogados, o relator e advogado Ricardo Carvalho defendeu a última e terceira pauta da reunião, que tratou sobre as dificuldades no pagamento da anuidade proporcional no ato de inscrição principal. Outro tema em questão foi a fiscalização do piso ético salarial, defendido pela advogada Camilla Cadilhe.

O advogado e membro do Conselho Estadual da Jovem Advocacia da OAB/MA, Felipe Correa Figueredo, falou da importância da campanha para que não ocorra a desvalorização dos honorários. “Nós estamos trabalhando hoje no combate das propostas aviltantes que temos recebido em forma de denúncias. E a ideia aqui é fazer com que esses novos advogados, que ainda não têm muita experiência, possam denunciar na OAB. Precisamos conscientizá-los que a Casa de Todos tem uma estrutura administrativa para punir esses escritórios que oferecem ofertas irrisórias e desrespeitosas com a advocacia”, disparou.

Receba nosso informativo

Receba semanalmente as principais notícias sobre a advocacia do Maranhão.

Cadastro efetuado com sucesso.